Nesta segunda-feira, 04, por volta das 01h, a Polícia Militar após trabalho de monitoramento e inteligência prendeu um homem de 22 anos com mandado de prisão expedido pela Justiça do Rio Grande do Sul, dentro do 4ª Avenida Lounge Bar e Tabacaria, em Balneário Camboriú.

Em consulta ao sistema foi confirmado que se tratava de Micael Willian Rossi Ortiz. O homem possuí mandado de prisão pelo crime de Tráfico de Drogas expedido pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul e também um mandado de prisão temporária daquele Estado por ser suspeito no desaparecimento e homicídio da jovem Paula Chaiane Perin Portes, de 18 anos, em Soledade/RS.

Diante dos fatos, o homem foi preso e encaminhado para o Complexo Penitenciário do Vale do Itajai (CPVI) para os procedimentos legais.

Entenda o caso:

Na noite de 10 de junho de 2020, Paula Schaiane Perin Portes estava em um apartamento com amigas e recebeu uma mensagem pelo WhatsApp para se encontrar com Micael. Imagens de câmeras de monitoramento mostram a jovem chegando no local do encontro, e sendo carregada inconsciente para dentro de um outro veículo, não identificado. O corpo da moça só foi localizado 70 dias após seu desaparecimento.

O inquérito, com cerca de 800 páginas, foi enviado à Justiça em setembro do ano passado. Houve cinco indivíduos indiciados na época pelo crime. Segundo a delegada Fabiane Bittencourt, a execução de Paula Schaiane Perin Portes teria ocorrido devido ao fato dela ter descoberto “algo grave sobre a vida criminosa dos envolvidos”.