A mercadoria estava num Fiat Strada que foi flagrado em alta velocidade por uma equipe da Polícia Rodoviária Federal.

Segundo a PRF, o carro foi abordado e dentro dele os policiais encontraram telefones celulares, câmeras e tablets do Paraguai avaliados em 90 mil reais.

O motorista não apresentou os documentos que comprovam a importação legal das mercadorias. Ele disse que adquiriu os produtos em Cascavel e venderia tudo em Maringá.

O veículo e os eletrônicos foram trazidos para o depósito da Receita Federal em Maringá.

Haverá um prazo para a apresentação das notas fiscais e documentos de importação.

Depois disso, sem a regularização da mercadoria, os eletrônicos ficam para a União. E o motorista pode responder processo por descaminho com pena que pode chegar a 4 anos de reclusão.

Em dez meses, de janeiro a outubro, a PRF apreendeu no Paraná 117 mil equipamentos eletrônicos, 96% a mais em relação ao ano passado.

Fonte e Créditos: http://www.cbnmaringa.com.br