O Grupo Havan com centenas de lojas por todo Brasil é comandada por um empresário egocêntrico que expõe seus
funcionários a aglomeração. Luciano Hang não está preocupado com empregos, mas gerar polêmicas.
A manifestação realizada hoje, defronte a prefeitura, utilizando seus colaboradores, não ajuda a preservar vidas, mas
demostra a falta de compromisso com o ser humano.

Temos que parar com essa história que ele da empregos. A Havan não dá empregos, utiliza somente a mão de obra
necessária para movimentar o seu comércio. Dar empregos é quando alguém contrata uma pessoa sem necessidade, coisa
que o grupo não faz. Ao invés de ficar promovendo tumultos poderia utilizar o momento para fazer campanhas de
conscientização.

O Paraná gerou em 2020 mais empregos que o ano anterior. Maringá e a terceira do Estado em vagas de trabalho.
Os Diretores da Havan deveriam se empenhar para cuidar da gestão do grupo, ou esse tipo de manifestação faz parte de
algum plano para postetiormente encerrar as portas, dar o calote e ficar com os bolsos cheios, como já aconteceu em
outras épocas com alguns empresários?
Acredito que não, pois o Luciano Hang é um patriota, que defronte suas lojas, uma réplica do Cristo Redentor
homenageia o povo brasileiro? Não,, preferiu os EstadosUnidos.
O brasileiro só serve para lhe servir de empregado ou cliente para manter o seu egocentrismo.
Fonte e Créditos: https://odiariodemaringa.com.br/